Pedido de Música
FETICHES, PARA UMA RELAÇÃO MAIS INTENSA!

Advertisement

FETICHES, PARA UMA RELAÇÃO MAIS INTENSA!

 


Quem nunca teve desejos eróticos? 
Já se pegou imaginando em situações inusitadas, PORÉM EXCITANTES? 
Estes pensamentos e fantasias são chamados fetiches, e responsáveis por várias de nossas atitudes relacionadas ao sexo, podendo variar das mais discretas às mais extremas.
É definido como uma atração por objetos, situações ou materiais que não são normalmente consideradas de natureza sexual.
Qualquer um pode ter um fetiche, não importa o seu sexo, orientação sexual ou estilo de vida.hotchics
〽️Por exemplo: um homem pode ter um fetiche por pés,  ou uma mulher pode ter um fetiche por algemas. por diversão e satisfação, 
E OS DOIS SE SENTIREM BEM COM ISSO!
Separamos alguns dos fetiches mais comuns, lembrando que a sua imaginação é quem manda, e você pode realizá-los como quiser!
Uniformes 
Várias pessoas imaginam situações excitantes com policiais, enfermeiras, bombeiros e colegiais, entre outros. Interpretar um profissional ágil e eficiente ao lado do seu amor, pode deixar o clima bem quente.
Acessórios 
Aqui entra uma gama de objetos que variam de itens como, algemas, chicotes, vendas e tudo aquilo que possa complementar sua libido. Dá para criar diversas brincadeiras sensuais.
Partes do corpo
Existem aqueles com fixação por mãos, orelhas, pescoço e várias outras partes que favorecem preliminares mais picantes quando acariciadas de forma mais intensa.
Lugares inusitados 
Quem nunca cogitou transar numa praia, dentro de um carro, ou até numa varanda? 
O fetiche por lugares é uma das ferramentas mais utilizadas para sair da rotina.
Comida
Chantilly, coberturas, leite condensado e até bebidas.
Vale tudo, todos os ingredientes capazes de seduzir e apimentar o ato sexual.
 Atenção: nunca deixe esses alimentos entrarem em contato com os órgãos sexuais para não provocar infecções.
Se o casal sente vontade, PODE E DEVE OUSAR. 
Suas fantasias estão aí para serem vividas e experimentadas!

Postar um comentário

0 Comentários