Pedido de Música
Jota Quest atrai com magnetismo pop do single 'Imprevisível'

Advertisement

Jota Quest atrai com magnetismo pop do single 'Imprevisível'



Capa do single 'Imprevisível', da banda Jota Quest — Foto: Arte de Conrado Almada

Capa do single 'Imprevisível', da banda Jota Quest — Foto: Arte de Conrado Almada

Resenha de single

Título: Imprevisível

Artista: Jota Quest

Composição: Marcio BuzelinMarco Túlio LaraPaulinho FonsecaPJRogério FlausinoAirton Bovo e Renato Galozzi

Edição: Sony Music

Cotação: * * * *

♪ “Todo dia é dia de um novo amor”, conclui e sentencia Rogério Flausino ao fim dos três minutos e 38 segundos da gravação de Imprevisível, música inédita lançada pela banda Jota Quest em single posto em rotação nesta sexta-feira, 5 de fevereiro, com capa assinada pelo designer Conrado Almada.

O verso faz parte do refrão da magnética composição assinada por Rogério Flausino (voz), Marco Túlio Lara (guitarra), Paulinho Fonseca (bateria), PJ (baixo) e Marcio Buzelin (teclados) com o poeta paulistano Airton Bovo – autor dos versos que deram a partida na criação da música – e com Renato Galozzi.

Primeiro lançamento fonográfico do quinteto mineiro em 2021, o single Imprevisível é a terceira composição inédita apresentada pelo Jota Quest desde que o grupo aprontou álbum gravado com produção musical de Paul Ralphes.

Formatado desde setembro de 2019, mas ainda inédito por conta da pandemia, o álbum ora previsto para julho deverá mostrar a banda em boa forma pop, a julgar por Imprevisível e pelos singles anteriores que revelaram as músicas A voz da razão (Rogério Flausino, PJ e Rael, 2020) – composta e gravada com a adesão do rapper Rael – e Guerra e paz (2020), música surgida da parceria do Jota Quest com Dany Vellocet e com os músicos e produtores Guga Machado, Renato Galozzi (também nos créditos do atual single Imprevisível) e Saulo Roston.

Imprevisível é música dançante que se escora na simplicidade, no groove e na fluência pop, ingredientes que banda utiliza com doses exatas na receita que vem seguindo com sucesso há 25 anos.

À medida que as audições da música vão se sucedendo, a levada de Imprevisível vai atraindo progressivamente o ouvinte como imã, pelo magnetismo do groove, matéria-prima desse grupo que faz pop popular com o verniz black do soul e do funk.

Em sintonia com a azeitada levada, os versos de Imprevisível – “Como corre um rio / Como cresce um filho / Como um vendaval / Como flor se abrindo / Como um labirinto / Como um animal / Como surgem as estrelas / Como o carnaval / Como viajantes / Encontrar diamantes / Em nosso quintal” – correm como ondas em Mar de Minas, exalando positividade.

Para quem segue o Jota Quest e sabe que são estupendos os últimos dois álbuns de estúdio do grupo, Funky funky boom boom (2013) e Pancadélico (2015), nada há de imprevisível no fato de a banda lançar (mais) um single tão atraente para esses seguidores.



 

Postar um comentário

0 Comentários