Pedido de Música
Vinte violeiros expõem a diversidade do toque do instrumento no álbum 'Viola paulista II'

Advertisement

Vinte violeiros expõem a diversidade do toque do instrumento no álbum 'Viola paulista II'

 


♪ Desmembrado em cinco EPs editados paulatinamente pelo Selo Sesc, o segundo volume do álbum Viola paulista reúne gravações inéditas de 20 violeiros atuantes no estado de São Paulo. São tocadores das regiões de Avaré (SP), Bauru (SP), Campinas (SP), Piracicaba (SP), São José do Rio Preto (SP) e Sorocaba (SP), cidade mapeada no terceiro EP.

Apresentado nesta quarta-feira, 3 de março, esse terceiro EP reúne registros de Fernando Deghi, Ricardo Anastácio (visto ao alto, em foto de Paula Rocha), Ricardo Vignini e Zeca Collares (visto abaixo, em foto de Paula Rocha). Cada violeiro apresenta tema de lavra própria, expondo a diversidade do toque do instrumento.

Deghi sola o tema Navegares. Anastácio aborda Isso é bão demais, tocando e cantando a letra da música. Habituado a imprimir o sotaque violeiro do norte de Minas Gerais no território paulista, Collares se junta a Fábio Gouvea (guitarra) e a Cleber Almeida (percussão) na gravação de Mirando a mira. Já Vignini – músico que explora a sonoridade da viola caipira dentro do universo do rock – executa Amálgama com André Rass (percussão) e Ricardo Carneiro (guitarra).



Zeca Collares toca o tema 'Mirando a mira' no EP lançado nesta quarta-feira, 3 de março — Foto: Paula Rocha / Divulgação Selo Sesc

Lançado em 24 de fevereiro, o segundo EP do álbum Viola paulista reuniu registros autorais dos tocadores Fernando Caselato, João Arruda, João Paulo Amaral e Zé Helder, violeiros atuantes nas regiões de Campinas (SP) e Piracicaba (SP).

Caselato repisou Chão vermelho, tema de autoria do violeiro. Arruda solou Ayuna. Amaral seguiu Linha motriz. Já Helder se juntou com Fabrício Santos (violão e voz) e Guilherme Cordeiro (contrabaixo) para tocar a peça autoral Do Oco da viola ao borralho do Fogão – A moda pós-rural.

Já o primeiro EP foi apresentado em 17 de fevereiro com gravações de Arnaldo Freitas (Amanara), Adriana Farias (Canto e danço catira), Levi Ramiro (Na mourada) e da dupla Cláudio Lacerda e Rodrigo Zanc (Cumpadi), violeiros atuantes na região de Bauru (SP).

O álbum Viola paulista – Volume II foi gravado com curadoria do compositor, instrumentista e pesquisador musical Ivan Vilela.

Postar um comentário

0 Comentários