Pedido de Música
Fernando Catatau vai do amor ao horror no arco autoral do primeiro álbum solo Skip to main content

Breaking News

[tdnewsticker][label=Podcast][posts=8]

Fernando Catatau vai do amor ao horror no arco autoral do primeiro álbum solo


♪ O toque da guitarra de Fernando Catatau nunca esteve associado ao romantismo. Por isso mesmo, o primeiro álbum solo do artista cearense – fundador da banda Cidadão Instigado – surpreende pelo tom romântico das letras de músicas autorais como Completamente apaixonadoQuando o dia amanhecer (gravada com o toque da guitarra do paraense Manoel Cordeiro), Raios na imensidão e Sinceramente.

Produzido e arranjado por Catatau com Dustan Gallas, parceiro do compositor na criação de Luz de fim de tarde, o álbum Fernando Catatau aterrissa nas plataformas nesta sexta-feira, 4 de fevereiro, com repertório que extrapola esse arco romântico, indo do amor ao horror.

Se A fraternidade retrata a elite pobre de alma que se farta nos banquetes da desigualdade social, Os monstros se alimenta de enredo sci-fi. Entre o épico e o brega, Catatau criou as texturas e os arranjos do disco com Dustan Gallas e com Samuel Fraga.

Antecedido pelo single que apresentou em 14 de janeiro a gravação da música Nada acontece (Fernando Catatau, Giovani Cidreira e Juliana R.), faixa de tom cyberpunk, o álbum Fernando Catatau foi gerado ao longo dos quatro anos em que o cantor, compositor, guitarrista e produtor musical voltou a morar na cidade natal de Fortaleza (CE) após residir em São Paulo por mais de 15 anos.



 

Postar um comentário

0 Comentários