Pedido de Música
Jaime Alem e Nair de Cândia reeditam álbum raro, lançado em 1979 com participação de Gonzaguinha Skip to main content

Breaking News

[tdnewsticker][label=Podcast][posts=8]

Jaime Alem e Nair de Cândia reeditam álbum raro, lançado em 1979 com participação de Gonzaguinha


♪ Embora tenha ficado mais conhecido depois que começou a trabalhar com Maria Bethânia, de quem foi maestro de 1985 a 2010, Jaime Alem iniciou a carreira nos anos 1970 ao lado da cantora Nair de Cândia, com quem também firmou parceria na vida.

A dupla debutou no mercado fonográfico com o álbum Jaime & Nair, lançado em 1974 pela gravadora CID. O segundo e último, Amanheceremos, veio ao mundo cinco anos depois, em 1979, com repertório altamente politizado composto por Jaime Alem de forma quase inteiramente solitária (somente uma das 12 músicas, Didática, trouxe também a assinatura de Walter Antônio Krausche).

É esse álbum Amanheceremos que Jaime e Nair de Cândia relançam em março, somente em edição digital, 43 anos após o lançamento do LP original.

Gravado com os toques de músicos como Ari Piassarollo (guitarra), Jorjão (baixo) Jota Moraes (piano acústico e elétrico) e Jurim Moreira (bateria), além do próprio Jaime Alem ao violão, o álbum trouxe a voz do cantor Gonzaguinha (1945 – 1991) na música-título Amanheceremos.

Cinzel de ouroO canto dos homens, Santo falso e Tesouros de César são outras músicas do álbum, título raro da discografia brasileira, nunca editado em CD.

 

Postar um comentário

0 Comentários