Pedido de Música
Marcia Castro irradia axé no clima solar do single 'Ver a maravilha' Skip to main content

Breaking News

[tdnewsticker][label=Biografia][posts=8]

Marcia Castro irradia axé no clima solar do single 'Ver a maravilha'


♪ Em fevereiro de 2020, Marcia Castro começou a mostrar as cores do álbum Axé com a edição do single Arco-íris do amor, composição então inédita de Fábio Alcântara, Magary Lord e Lucas Santtana – de refrão aliciante – gravada pela artista baiana em dueto com a conterrânea Margareth Menezes.

Como o Brasil perdeu a cor com a chegada da pandemia em março de 2020, o quinto álbum de Marcia Castro – programado inicialmente para ter sido lançado em 3 de abril do ano passado – acabou adiado por força das circunstâncias globais.

Mas eis que o tempo e os palcos começam novamente a abrir no Brasil e Axé dá outra vez as caras nesta quinta-feira, 16 de setembro, com a edição do segundo single do álbum, Ver a maravilha.

Desta vez, Marcia Castro dá voz a uma inédita e solar composição de Teago Oliveira, artista baiano projetado como vocalista e compositor da banda Maglore.

Música que irradia otimismo e energia positiva, na batida contemporânea do samba-reggae, Ver a maravilha segue no tom radiante do single anterior Arco-íris do amor.

“É difícil, mas são fases / A gente não deve se esconder / Chega de bola na trave / Amanhã já é outro dia pra se ver”, pondera Marcia Castro nos versos da música.

A faixa Ver a maravilha foi formatada em estúdio com André Lima nos teclados, Bruno Marques no MPC e synth bass, Rafa Moraes nas guitarras e Hudson, Ricardo Braga e Tiaguinho na percussão, além de arranjo de sopros escrito pelo maestro Letieres Leite e executado por João Teoria e Guiga Scott nos trompetes, Paulinho Andrade no sax alto, André Becker no sax tenor e Gilmar Chaves no trombone.

Gravado com produção musical dividida entre Letieres Leite e Lucas Santtana, sob a direção artística de Marcus Preto, o álbum Axé foi idealizado para revitalizar com repertório inédito o gênero afro-pop-baiano que lhe dá titulo.

Além de Arco-íris do amor e de Ver a maravilha, o repertório inclui as ainda inéditas músicas Holograma (composição de Tiago Simões, gravada por Marcia Castro com Ivete Sangalo, uma das divas do axé). Bolero lero (tema de Russo Passapusso e Seko Bass, integrantes da banda BaianaSystem), Coladinha em mim (Fábio Alcântara, Marcelo Flores e Marcia Castro) e Namorar no mar (Pedro Pondé).

Previsto atualmente para ser lançado em 21 de outubro, o álbum Axé também traz músicas inéditas de Emicida e Nando Reis.


 

Postar um comentário

0 Comentários